• LABIRINTO das ARTES

Das Oficinas do Labirinto para o Theatro Circo de Braga

Todas as terças-feiras do mês de Agosto, o Theatro Circo promove as Oficinas de Verão. A primeira aconteceu ontem, na Casa dos Crivos, e contou com a participação de 15 crianças. ‘Um teatro no prato’ foi o tema desta edição.

O desafio era pintar em acrílico uma ilustração única e original da fachada e/ou pormenor do Theatro Circo num prato de cerêmica. E os 15 participantes da primeira Oficina de Verão, promovida ontem pelo Theatro Circo na Casa dos Crivos, cumpriram o objectivo com “muita imaginação e criatividade”, assegurou Rita Fonseca, monitora responsável pela actividade, sublinhando “a forma interessante como muitas das crianças reinventaram os espaços”.

As Oficinas de Verão do Theatro Circo, que se vão realizar todas as terças-feiras deste mês, já se transformaram uma “rotina” para os mais novos. Tradicionalmente, o Theatro Circo sempre realizou oficinas, mas só em 2013 é que começou “formalmente” a apostar numa programação para o serviço educativo com oficinas direccionadas para os mais novos.


Rita Fonseca, do Centro Artístico - A Casa ao Lado, guiou os mais novos nesta aventura com a colaboração de outra monitora do centro artístico e uma assistente de sala do Theatro Circo. “O objectivo é que os mais novos interpretem à sua maneira a imagem que escolheram do Theatro Circo e todos apresentam ilustrações completamente diferentes”, referiu a responsável, sublinhando o facto de alguns dos participantes terem escolhido “imagens super complexas e apresentarem pinturas muito criativas”. O facto de pintar em acrílico também dá aos mais novos, ainda nas palavras da monitora, “mais liberdade, acabando sempre por ser uma experiência única”.


Arthur Gomes foi um dos participantes nesta oficina. Acabado de chegar à cidade, o jovem veio dos EUA com os pais e a irmã. “Os meus pais são jornalistas da Globo e decidiram mudar de país e conhecer outra realidade”, contou o pequeno, que mora em Braga há 11 dias. Mas ontem já participou na Oficina de Verão do Theatro Circo com a irmã. “Estou a adorar a experiência e eu e a minha irmã gostamos muito de pintar”, confidenciou o jovem, com sotaque brasileiro, que estava já a pintar o segundo prato.


Também a viver há apenas dois meses na cidade de Braga, o pequeno Ismael Pérez também aceitou o desafio do Theatro Circo. “Sou de Castilha-La Mancha, em Espanha, e vim para cá este Verão com os meus pais”, adiantou Ismael, que tem “muito jeito para a pintura”. Com apenas 10 anos, o pequeno Ismael admitiu que “foi difícil desenhar o Theatro Circo”, mas que “valeu a pena” pelo resultado final.

Quem já não é novata nestas andanças é Laura Fadigas. Pelo terceiro ano consecutivo a participar nestas Oficinas de Verão, esta bracarense adiantou que já participou em várias oficinas nos últimos dois anos. “Este ano só vou participar nesta oficina, porque depois vou de férias”, contou Laura, confidenciando que “estas actividades são muito inspiradoras”. E Laura Fadigas foi mais longe: “aqui aprendemos sempre coisas novas e muito diferentes. Além disso, já fiz alguns amigos nestas oficinas”. Aquela participante decidiu inspirar-se num espectáculo da Disney para pintar o prato.


Mais à frente estava António Jorge, de 10 anos, que também já participou nas Oficinas de Verão o ano passado. “Os meus pais estão a trabalhar e, por isso, prefiro vir para cá do que ficar os dias todos em casa”, referiu António, que se inspirou no tecto do Theatro Circo para pintar o prato com tintas de acrílico.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
889186_edited.png

Rua Dr. Francisco Alves 1058 ,  4770-435  Requião ,  Vila Nova de Famalicão , Portugal     |    geral@acasaaolado.com    |    252 115 448 -  934 841 129